Pular para o conteúdo principal

PROJETO PUC OFERECE AULAS PARA O ENEM EM GOVERNADOR VALADARES


Projeto PUC (Pré-universidade Capixaba) iniciado na UFES em Vitoria tem como objetivo, ajudar estudantes sem condições financeiras para cursinhos preparatórios em Governador Valadares.


O ENEM esta cada vez mais difícil e estudar para uma prova tão concorrida não é fácil, pensando nisso o professor Bruno Brandão, elaborou um projeto conhecido como ''PUC'' que surgiu na UFES e tem como   objetivo levar palestras e debates interdisciplinares com uma temática voltada para o ENEM. Em entrevista o professor destaca que entre os meses de Agosto e novembro de 2014, foram realizadas dez palestras, com um público estimado em duas mil pessoas em vários pontos da cidade de Vitória. O projeto é formado por professores voluntários com isso teve algumas alterações na equipe, no momento tem a participação dos seguintes integrantes: Osvaldo Mello, Ninivy, Richard Carlo, Jozimar, Hutemberg, Gesielli, Ana Ruth, Daniel, Bruna, Nara e Annabel. O projeto foi bem recebido pelos estudantes, sendo noticia em vários meios de comunicação da região. ''Nós acreditamos que cidadania e educação são indissociáveis, e que todos os lugares da cidade devem ser utilizados para promover o conhecimento. Por isso, realizamos nossos aulões em locais diversos da vida política e social da Cidade.'' diz Bruno Brandão.

Em uma conversa com a estudante Maria Eduarda, que esta participando do projeto pela primeira vez, comenta que pretende com os aulas, alcançar uma ótima nota no ENEM e garantir sua vaga em uma federal, ela diz que ainda esta indecisa quanto ao curso, mas precisa focar nos estudos, pois sua lista e longa. ''Gosto muito de comunicação social, publicidade e propaganda, mas também tenho interesse em nutrição e fisioterapia! Consigo ver grandes resultados com o projeto, pois além do que aprendo durante a aula, o interesse se torna ainda maior, e faz pesquisas ainda mais aprofundadas.'' conta.   

Nathasha Dambrosio fez a prova em 2016, sua nota em redação foi 800, Ciências da Natureza e suas Tecnologias 588, Ciências Humanas e suas Tecnologias 612.6, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias 552.2, Matemática e suas Tecnologias 610.3 pontos, com a nota ela conseguiu passar na Universidade Federal do Espírito Santo, para cursar geografia (licenciatura e bacharelado), com essa conquista ela comenta em entrevista, como foi participar do projeto que tem como foco vir para Governador Valadares em abril deste ano para ajudar os estudantes para essa prova tão esperada por todos. ''Foi extremamente gratificante! Primeiramente, quando eu comecei a participar desses e de outros projetos que proporcionavam aulas de qualidade para estudantes de baixa renda, fiquei impressionada e ao mesmo tempo apaixonada. Porque sabemos que o que movimenta as pessoas hoje é o capital, sempre há interesses que objetivam o dinheiro. Mas quando eu soube que ainda existiam pessoas que se importavam com a educação e que queriam ver os pobres conquistando seus lugares na universidade, para que posteriormente pudessem conquistar seus sonhos, achei isso realmente sensacional. Em relação aos conteúdos ensinados, com certeza o método como os professores trabalharam e as dicas de estudo para o ENEM foram essenciais para que eu fosse aprovada na UFES. Além disso, muitos fatores contribuíram para que eu me tornasse mais "humanizada" e realmente desenvolvesse a empatia, proporcionando, também, uma quebra do senso comum. Por conseguinte, esse projeto fez com que eu retornasse com um sonho antigo, que fora destruído pela minha realidade, que é de mudar a vida das pessoas de alguma forma. Muitas crianças e adolescentes têm o sonho de fazer algo significante para mudar o mundo, porém com o passar dos anos eles são destruídos, ficam inalcançáveis, porque as pessoas não se importam mais com as outras, só há crueldade e individualismo. E o intuito desse projeto colaborou para que eu me interessasse pela docência. Portanto, isso é o que eu quero hoje, ser professora de geografia e atuar em cursinhos populares, porque saber que existem pessoas que acreditam no seu potencial e que fazem de tudo para ver a sua aprovação é um sentimento até inexplicável. Então eu quero que esse sentimento perpetue.'' conta Nathasha.

Comentários

  1. Realmente,os depoimentos e a perspectiva de ampliar os aulões para outras regiões é super animador e faz, todos os envolvidos no projeto, se sentirem orgulhosos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! São iniciativas assim que mudam a educação do Brasil!

      Excluir
  2. Parabéns pela uniciativa fantástica desses professores que estão preocupados realmente com a educação desse país grande exemplo.

    ResponderExcluir
  3. Um ótimo incentivo para os alunos! Dessa forma podemos mudar o nosso pais ;)

    ResponderExcluir
  4. Um ótimo projeto de fundamental importância para a comunidade. Super indico.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comenta ai! ;)

Postagens mais visitadas deste blog

Paixão por História com Felipe Dideus e Débora Aladim

Desesperadamente sem rumo? Não consegue entender sua professora de História? Calma que dois YouTubers vão resolver seu problema de uma forma bem diferente. Felipe Dideus, 23 anos, São Lourenço - MG e Débora Aladim, 18 anos, Belo Horizonte - MG, serão os primeiros entrevistados do blog. A paixão deles pela matéria fez com que tivessem vontade de compartilhar, criando assim um canal no youtube, porém ambos tem um jeitinho diferente de te fazer entender melhor o que aconteceu no passado do nosso queridíssimo Brasil. Vamos começar nossa entrevista!
Primeira pergunta, quando começou essa paixão por História? Felipe Dideus:Bem, sempre gostei, mas o meu interesse cresceu mesmo quando comecei a atuar no canal. Quando entrei de cabeça nessa jornada chamada história. Débora Aladim: Eu sempre amei história, é a paixão da minha vida.
Como surgiu a ideia de fazer um canal no YouTube para ensinar historia de uma forma tão diferente e personalizada? Felipe Dideus: Eu fazia parte da equipe de uma página, …

Cabelo repartido ao meio vira tendência entre as mulheres

Agora a moda é partir o cabelo ao meio, durante muito tempo as mulheres usaram o cabelo com franja para o lado, mas atualmente algumas famosas adquiriram a moda de partir o cabelo ao meio e isso virou febre.
Para mostrar essa tendência entre as mulheres, vamos ver algumas fotos da Maria Clara Lima, ela que é cantora, modelo e atriz, tem algumas fotos em seu Instagram, aderindo a esse novo estilo.




Lembrando que devemos observar sempre o formato do nosso rosto na hora de mudar o visual.  E vocês o que acharam? Eu já abandonei a franja!

Resenha | É FADA! - Kéfera Buchmann

É FADA! - foi lançado no dia 06 de outubro de 2016, dirigido por Cris D´Amato, o filme foi baseado no livro ''Uma fada veio me visitar'', por Thalita Rebouças. Um elenco formado por Klara Castanho, Charles Paraventi, Bruna Griphão entre outros e a personagem principal, claro, a forte presença da youtuber Kéfera Buchmann. No filme ela interpreta a fada Geraldine, onde sua missão para conseguir suas asas é ajudar a adolescente Júlia (Klara Castanho), que precisa se enturmar na nova escola, a garota não tem a vida fácil, sofre com a separação dos seus pais e seu jeito nada feminino interfere em sua vida social. A garota ao chegar em seu quarto se surpreende com uma fada sem asas, onde tudo começa com uma simples frase: você só tem três...
A partir dai a Júlia tem algumas alterações no seu visual e em sua vida social, passando por altos e baixos para conseguir se enturmar, o filme destaca que devemos aceitar quem somos de verdade, sem preconceitos ou uma forma padrão para …