09/10/2016

Resenha | É FADA! - Kéfera Buchmann

Fonte: google imagens
É FADA! - foi lançado no dia 06 de outubro de 2016, dirigido por Cris D´Amato, o filme foi baseado no livro ''Uma fada veio me visitar'', por Thalita Rebouças. Um elenco formado por Klara Castanho, Charles Paraventi, Bruna Griphão entre outros e a personagem principal, claro, a forte presença da youtuber Kéfera Buchmann. No filme ela interpreta a fada Geraldine, onde sua missão para conseguir suas asas é ajudar a adolescente Júlia (Klara Castanho), que precisa se enturmar na nova escola, a garota não tem a vida fácil, sofre com a separação dos seus pais e seu jeito nada feminino interfere em sua vida social. A garota ao chegar em seu quarto se surpreende com uma fada sem asas, onde tudo começa com uma simples frase: você só tem três...

A partir dai a Júlia tem algumas alterações no seu visual e em sua vida social, passando por altos e baixos para conseguir se enturmar, o filme destaca que devemos aceitar quem somos de verdade, sem preconceitos ou uma forma padrão para a sociedade.
Fonte: google imagens
Agora é hora da resenha! Sim eu fui ver o filme, vou ser sincera aqui com vocês, não vi no dia da estreia e quando cheguei esqueci o RG, pois é quase não entrei, salva pelo gongo, titio lindo veio trazer pra mim, perdi o inicio, mas GRAÇAS A DEUS cinema tem mania de passar unas 2 horas de trailers e divulgações, enfim...deu tempo de ver o filme. Minhas críticas são breves: Amei, to ''paxonada'', quero ver mais umas mil vezes, parem de criticar povo doido, ela arrasou, fim!
Fonte: google imagens
''Nem fadinha sonsa, com cara de tonta
Vem que a gente apronta
Já falei não sou fadinha, sou fadona

Eu sou fadona
Eu sou fadona
É, eu sou fadona
Eu sou fadona...''


Essa resenha tá mais inspirada (rsrsrs), não é só por eu ser fã, na verdade esse será o novo padrão de resenhas no blog, espero que gostem! 

Gostei muito do filme, fiquei surpresa em ver que não teve tantos palavrões como imaginei que teria, porém as frases com duplo sentido com maldades no ar prevaleceu, teve momentos em que fizeram referencias e piadas com outros contos de fadas, não gostei por orgulho mesmo, acho que os filmes brasileiros não precisam dos americanos pra ser bom (rsrsrs), acredito que temos o potencial para conseguir fazer filmes incríveis, ri muito em todos os momentos, vamos ser realistas, filme brasileiro precisa de um ''UP'', mas este me surpreendeu por sair fora dos padrões. Vejam só o trailer!
 
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta ai! ;)

Seguidores