O transtorno da disfunção de imagem: a doença da beleza

Olá! Meu nome é Vanusa Alves, estudante de jornalismo e a partir de hoje, faço parte da equipe aqui no blog da Josy, estarei postando toda semana e pra começar o tema do post de hoje é tenso, vamos lá...

No domingo passado (21) a apresentadora Eliana do canal SBT, apresentou uma matéria muito interessante em seu programa sobre o transtorno da disfunção da imagem, mais conhecida como doença “Da Beleza” que afeta muitas pessoas principalmente mulheres, e algumas dessas nem sabe que possuem essa doença. Foram entrevistadas, a modelo Isabella Florentino, e a jornalista Daiana Garbim , esposa do Tiago Leifert apresentador da rede Globo de Televisão. Elas relataram dramas vivenciados por elas devido ao transtorno sofrido, que muitas das vezes vem acompanhado por bulimia, anorexia, depressão e consumo excessivo de álcool, onde o paciente se olha no espelho e se enxerga gordo demais, feio demais...  Evita sair de casa sempre, pois não se acha bonito o suficiente e muitas das vezes se menospreza em ralação a outras pessoas. Essas pessoas tem problemas com a própria imagem, e acabam tendo visões distorcidas de si mesmo. Essa doença muitas vezes é taxada por leigos, como frescura, excesso de vaidade ou futilidade, mas trata-se de um problema serio que exige acompanhamento médico, logo que descoberta a doença. É muito difícil de ser diagnosticada porque o próprio paciente recusa ajuda e julga estar tudo bem, quando não está, esse transtorno não tem uma idade definida, mas costuma afetar pessoas de 25 a 45 anos de idade.

Quais são  os sintomas? A pessoa passa ter um preocupação fora do normal com seu corpo, com imperfeições e defeitos físicos, que prejudica o seu convívio social com as pessoas. A doença tem tratamento médico realizado com psiquiatras e acompanhado de medicações e terapias, podendo se recuperar. Então, pais de jovens adolescentes prestem atenção quanto a vaidade de seus filho, a alimentação, a preocupação excessiva com o corpo, e mais cuidado ainda com a mídia que lança padrões de beleza a serem seguidos, que muitas pessoas acabam se martirizando para seguir os tais padrões, o ideal é que aprendamos a lidar com nossas imperfeições, tentar melhora-las claro, mas aceita-las acima de tudo. Conteúdo baseado nos fatos apresentados no programa da Eliana.

Foto da jornalista Daiana Garbim, que sofre com o transtorno da difusão da imagem "doença da beleza". (foto retirada da web)
Foto da modela Isabella Florentino  no seu momento mais grave de anorexia. (foto retirada da web)
‹ Anterior Proxima › Página inicial