Pular para o conteúdo principal

Teatro Atiaia fechado e artistas interditados

Com o teatro Atiaia em desuso os artistas não se calam e Clênio Magalhães fez campanha para pressionar o Ministério Público a liberar o único teatro da cidade de Governador Valadares e agora só depende da prefeitura.

EXERCÍCIO DE GENEROSIDADE : 

Tire uma foto com um cone de trânsito e publique no Facebook que você também se sente interditado. Contribua assim para pressionar o Ministério Público a liberar o #TeatroAtiaia único Teatro da Cidade de Governador Valadares. Contribua com o nosso trabalho artístico. Obrigado! ...

E foi assim que tudo começou. Uma simples foto com um cone e uma legenda bem explicada faz a força dos artistas e impulsiona a campanha. Sendo bem aceita nas redes sociais obtendo sucesso entre os artistas da região. Em carta feita especialmente para a impressa, Clênio fala sobre como se sentiu sendo o criador da campanha e sua reflexão:

Clênio Magalhães: Eu estou bem contente com a repercussão da Campanha. Fico muito feliz em saber que nossa cidade tem cada dia mais aprendido como utilizar o meio digital.  Após reunião com o departamento de cultura de Governador Valadares, fiquei um tanto desapontado em perceber como a cultura está sendo negligenciada em nosso município. Logo pensei em utilizar o bem imaterial, matéria prima que utilizamos a todo momento em nosso ofício. O cone representa esse lugar do impedimento, da imobilidade pela qual nós artistas profissionais temos passado. Temos espetáculos a serem estreados, temos um festival de Dança a acontecer em Abril numa data internacionalmente conhecida que é o Dia Mundial da Dança, temos lançamento de livro, temos a população reclamando do cheiro de mofo no teatro, temos uma Campanha de Popularização do Teatro e da Dança para ser produzida e parece que nada tem sido feito para garantir a qualidade das ações culturais. Temos a impressão que nossos gestores culturais tem ignorado esses fatos. No momento a prefeitura deve atender as normas legais, cumprindo a sentença que transitou em julgado por 10 anos e não foram atendidas. Processo n. 1566419.91.2005.8.13.0105 - 29/10/2015 do TJMG Recorrendo sempre a prefeitura não atendeu as recomendações  e o processo chegou ao fim. As solicitações são rotineiras que a prefeitura não deve mais recorrer, pois são necessidades básicas para uma população de uma cidade como Governador Valadares como saídas de emergência, padronização de sinalizações, acessibilidade, condições arquitetônicas, etc.  Daí me surge uma reflexão: Se não somos capazes de manter regular um teatro de 400 lugares como o Teatrao Atiaia, como poderemos avançar culturalmente para administrar um possível Centro Cultural para 280 mil habitantes? Quais são os critérios para se eleger os responsáveis pela cultura da cidade? Quais são suas formações? Eles atuam artisticamente na cidade? Conhecem e possuem experiência para administrar os meios de captação de recursos vigentes? São questões que me chegam ao pensamento, levando me a refletir sobre nossa responsabilidade como artistas em apontar caminhos e exigir mais diálogo e transparência pelo menos quanto às questões públicas.

A reabertura do teatro Atiaia ainda esta em andamento. E agora só depende da prefeitura. A campanha continua em andamento. Participe e abrace essa causa, os artistas agradecem a compreensão de todos.

Comentários

  1. Belíssima matéria! Ninguém tem se aprofundado á esse assunto que afeta diretamente a cultura de nosso município. Chega a bota Josy! Tem meu apoio! Ô Ministério Público, ninguém nega a competência de um orgão tão conservador da ordem e civilidade pública e privada, mas me ajuda aí né!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo apoio! E Volte sempre rsrsrs... ;)

      Excluir
  2. Blog muito bacana e bem bonito! De forma sucinta, você soube abordar um drama vivido pela cidade! Jornalismo é mesmo uma arte! Há quem não fale nada mesmo tentando dizer muito. Mas, como é o caso, há quem fale quase tudo mesmo dizendo pouco. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário e volte sempre! Sua opinião será muito importante para mim :)

      Excluir

Postar um comentário

Comenta ai! ;)

Postagens mais visitadas deste blog

Paixão por História com Felipe Dideus e Débora Aladim

Desesperadamente sem rumo? Não consegue entender sua professora de História? Calma que dois YouTubers vão resolver seu problema de uma forma bem diferente. Felipe Dideus, 23 anos, São Lourenço - MG e Débora Aladim, 18 anos, Belo Horizonte - MG, serão os primeiros entrevistados do blog. A paixão deles pela matéria fez com que tivessem vontade de compartilhar, criando assim um canal no youtube, porém ambos tem um jeitinho diferente de te fazer entender melhor o que aconteceu no passado do nosso queridíssimo Brasil. Vamos começar nossa entrevista!
Primeira pergunta, quando começou essa paixão por História? Felipe Dideus:Bem, sempre gostei, mas o meu interesse cresceu mesmo quando comecei a atuar no canal. Quando entrei de cabeça nessa jornada chamada história. Débora Aladim: Eu sempre amei história, é a paixão da minha vida.
Como surgiu a ideia de fazer um canal no YouTube para ensinar historia de uma forma tão diferente e personalizada? Felipe Dideus: Eu fazia parte da equipe de uma página, …

Cabelo repartido ao meio vira tendência entre as mulheres

Agora a moda é partir o cabelo ao meio, durante muito tempo as mulheres usaram o cabelo com franja para o lado, mas atualmente algumas famosas adquiriram a moda de partir o cabelo ao meio e isso virou febre.
Para mostrar essa tendência entre as mulheres, vamos ver algumas fotos da Maria Clara Lima, ela que é cantora, modelo e atriz, tem algumas fotos em seu Instagram, aderindo a esse novo estilo.




Lembrando que devemos observar sempre o formato do nosso rosto na hora de mudar o visual.  E vocês o que acharam? Eu já abandonei a franja!

Resenha | É FADA! - Kéfera Buchmann

É FADA! - foi lançado no dia 06 de outubro de 2016, dirigido por Cris D´Amato, o filme foi baseado no livro ''Uma fada veio me visitar'', por Thalita Rebouças. Um elenco formado por Klara Castanho, Charles Paraventi, Bruna Griphão entre outros e a personagem principal, claro, a forte presença da youtuber Kéfera Buchmann. No filme ela interpreta a fada Geraldine, onde sua missão para conseguir suas asas é ajudar a adolescente Júlia (Klara Castanho), que precisa se enturmar na nova escola, a garota não tem a vida fácil, sofre com a separação dos seus pais e seu jeito nada feminino interfere em sua vida social. A garota ao chegar em seu quarto se surpreende com uma fada sem asas, onde tudo começa com uma simples frase: você só tem três...
A partir dai a Júlia tem algumas alterações no seu visual e em sua vida social, passando por altos e baixos para conseguir se enturmar, o filme destaca que devemos aceitar quem somos de verdade, sem preconceitos ou uma forma padrão para …