E se nada fosse proibido

stocksnap.io
Não teria graça se nada fosse proibido! Se tudo fosse livre o mundo viveria em paz e harmonia. Pare para pensar, tudo era um paraíso antes do proibido chegar. Agora imagine:

Se fumar não fosse proibido...
ninguém iria aliviar a sua raiva no cigarro ou fumar só por incentivo de alguém para ser popular.

Se beber não fosse proibido...
ninguém iria pensar na bebida para fugir da tristeza do momento.

Se ser homossexual não fosse proibido...
ninguém iria querer se mostrar diferente, para provar que ninguém manda em nossa vida ou confundir o amor de uma amizade com um relacionamento.

Se ser ateu não fosse proibido...
ninguém iria querer provar que tudo que conquistou foi com esforço próprio e não com a ajuda de outro ser, ninguém iria se sentir fraco a ponto de provar sua força sendo independente.

Se droga não fosse proibido...
ninguém iria achar que essa é a saída para fugir da realidade ou chamar a atenção.

Se ser diferente não fosse proibido...
ninguém iria se sentir inferior.

Se o respeito fosse usado por todos, essa lista não seria olhada como preconceito ou com olhar de criticas negativas. A realidade é que o proibido, nós proíbe de viver como seres humanos livres. A bíblia é livre e ninguém vicia em ler e seguir o que se pede para ter a vida eterna. O ser humano parece que ama o proibido. Não percebe que ser diferente é ter o outo-controle para uma vida saudável. Todos procuram a felicidade sem perceber que ela esta em pequenas escolhas feitas por si mesmo no mundo.

Já fez sua escolha hoje?
Escolha não gostar do proibido!
-Josiane de Assis
‹ Anterior Proxima › Página inicial